Lagoa continua interditada para a prática da pesca

Lagoa continua interditada para a prática da pesca
A prefeitura municipal através da Diretoria de Meio Ambiente vem comunicar a todos os amantes de pesca que a Lagoa continua interditada para a prática da pesca.
 
Com a soltura dos mais de 20.000 alevinos é imprescindível essa intervenção por um período de aproximadamente 10 meses para que eles cresçam.
 
O motivo da soltura são as plantas aquáticas que se proliferam rapidamente na superfície da lagoa. Soltamos a carpa capim que é uma carpa que come essas plantas na superfície e através de um estudo soltamos também espécies como: tilápia, pacu, tambacu e curimba que manterão o equilíbrio do ecossistema aquático da nossa lagoa.
 
Após esse período, iremos liberar a pesca novamente no local. Pedimos a compreensão de todos e também pedimos que ao avistar alguém pescando que denunciem, pois, essa ação é necessária e precisamos da colaboração de todos os munícipes.