Detalhe do Projeto

Voltar para a Página Principal

Principais Criadouros do Mosquito Transmissor da Dengue

- Calha e laje: Mantenha limpas e desentupidas sem pontos de acúmulo de água.


- Vasos com flores e plantas aquáticas: Devem ser lavadas com bucha e sabão para eliminar os ovos do mosquito


que permanecem grudados nas paredes. A água deve ser trocada diariamente.


- Pratos de plantas: Virar o prato para baixo ou colocar areia grossa até a borda do prato


- Pneus: Devem ser mantidos em local coberto ou entregues a equipe de combate a dengue


- Buracos no piso de áreas externas e internas: Mantê-los sempre secos depois de lavados. O cuidado deve ser repetido depois da
ocorrência de chuvas.


- Grades e portões ocos: Devem ser tampadas ou mantidos sempre secos.


- Bromélias: O melhor é não tê-las por perto, mas se tiver, não deixe acumular água dentro.


- Garrafas plásticas: Não guarde garrafas plásticas no quintal. Antes de jogá-las no lixo, faça furos para escoar a água, e se for utilizá-las guarde em local coberto.


- Banheiros: Vasos sanitários com pouco uso devem ser tampadas e limpas com água sanitária de 2 a 3 vezes por semana para impedir a permaência do mosquito.


- Tanques: Manter sempre seco.


- Piscinas: Lavar as bordas e mantê-las tratadas com cloro. Se não estiver em uso manter sem água.


- Latas e tambores: Devem ser guardados de boca para baixo. Antes de jogar fora, fure-os.


- Caixa d'água: Devem ser lavadas periodicaente e cobertas com lonas, plásticos ou telas.


- Ralos (Com pouco uso): Devem ficar sempre cobertos e limpos com água sanitária de 2 a 3 vezes por semana.


- Garrafas: Manter de boca para baixo, limpas e secas e se possível no coberto


- Vasilhas de água de animais: Trocar a água duas vezes por semana, escovando as bordas.


- Baldes: Não deixe baldes com água parada. Mantenha-os sempre limpos e secos.