Detalhes da Notícia

Voltar para a Página Principal

Profissionais da educação devem realizar o cadastro para receber vacina ⠀

                O governo de São Paulo lançou na última quinta-feira (1) um site para cadastro obrigatório dos profissionais de educação que serão vacinados contra Covid-19 a partir do dia 12 de abril.

            De acordo com a Secretaria Estadual de Educação, os profissionais só poderão receber a primeira dose da vacina após o sistema validar o registro e emitir para o profissional o comprovante VacinaJá Educação, que deverá ser apresentado no momento de receber o imunizante.

                “A vacinação é só para quem está ativo e trabalhando efetivamente na escola. Inclusive profissionais que estão com contratos ativos, mas estão de licença por algum motivo, não entrarão na vacina neste momento. A prioridade é especialmente para quem está lá na sala de aula, limpando a escola, arrumando a escola”, disse o secretário da Educação, Rossieli Soares em coletiva de imprensa sobre a plataforma.

                Ainda de acordo com a secretaria, todos profissionais de educação podem fazer o cadastro, mas a recomendação é a de que o sistema seja usado incialmente para o público-alvo.

            Poderão ser vacinados os profissionais com idade mínima de 47 anos: Professores da Educação Básica, merendeiras, auxiliares de serviços gerais e faxineiros, secretários da escola, diretores e vice-diretores, Professores coordenadores pedagógicos e cuidadores.

                 A pasta defende que o sistema visa garantir mais segurança para o retorno das atividades presenciais nas escolas.

 

Como cadastrar

  • Os profissionais devem fazer o cadastro no site https://vacinaja.sp.gov.br/educação, com informações do CPF, nome completo e e-mail.
  • Em seguida, ele receberá um link no e-mail indicado e será necessário acessá-lo para dar continuidade ao cadastro.
  • No passo seguinte, o profissional deve confirmar os dados pessoais e apontar nome da escola, rede de ensino, município e cargo ocupado. Também será necessário anexar os dois últimos holerites.
  • Na sequência, o cadastro passará por um processo de análise e, se validado, o profissional receberá em seu e-mail o comprovante VacinaJá Educação. O documento terá um QRCode para verificação de autenticidade.
  • No momento da vacinação, o profissional da educação deverá apresentar o comprovante VacinaJá Educação, RG e CPF para conferência dos dados pelo profissional de saúde.
  • Caso o usuário não apresente o comprovante VacinaJá Educação ou o seu número de CPF não conste no comprovante apresentado, não poderá ser imunizado.

 

 

Larissa Corrêa

Diretoria de Comunicação PMNH

Mais Notícias

  • 22/04/2021

    Profissionais da Central de Monitoramento Covid-19 recebe agradecimento

    Nesta segunda-feira (19) os profissionais da Secretaria Municipal...

    Ver notícia completa
  • 22/04/2021

    Prefeitura realiza operação tapa-buracos

    A Prefeitura de Novo Horizonte, através da Diretoria de Obras e S...

    Ver notícia completa
  • 21/04/2021

    Prefeitura de Novo Horizonte implanta aplicativo para receber demandas da população

    O Prefeito Fabiano Belentani (PL) implantou nesta terça-feira (20...

    Ver notícia completa