Detalhes da Notícia

Voltar para a Página Principal

Coronavírus: Nutricionista da Prefeitura dá dicas de alimentação

A nutricionista da Prefeitura de Novo Horizonte, Laís Ruiz Romera (foto), que atua na Secretaria Municipal de Saúde, dá dicas de alimentação durante esse momento em que tanto se fala do coronavírus. Orientações importantes que ajudam na qualidade de vida da população. Confira abaixo a entrevista com a profissional.

 

 

Quais cuidados com a alimentação devo ter durante a pandemia de Corona?

 

Durante esse momento, devemos ter uma alimentação normal, o mais natural possível, evitar o consumo frequente de industrializados. Deve-se consumir todos os grupos alimentares, como frutas, verduras, legumes, leites e derivados, sementes, proteína e evitar realizar qualquer tipo de restrição alimentar. Nossa alimentação deve ser colorida, variada e equilibrada, para manter um bom funcionamento do organismo neste momento.

 

Existe algum alimento ou dieta específica que previne contrair a doença?

 

Não existe nenhum alimento, dieta ou chá que previne contrair o Corona. Devemos tomar muito cuidado com as informações que circulam pelas redes sociais. Agora devemos pensar e cuidar da nossa imunidade para evitar complicações. Além de seguir todas as recomendações da Organização Mundial da Saúde para evitar o contágio.

 

Quais alimentos ajudam na melhora da imunidade?

 

Existem alguns alimentos que apresentam uma quantidade maior de vitaminas e minerais que auxiliam na melhora da imunidade e no funcionamento do organismo, como os alimentos ricos em vitamina C presente na laranja, kiwi, acerola, mexerica, limão, goiaba, morango, etc.

 

É importante também consumir alimentos ricos em vitamina A, nutriente fundamental para o sistema imune, que pode ser encontrado no ovo. Outros alimentos também são importantíssimos, como a carne vermelha, o feijão, vegetais verde-escuros, castanhas, repolho, alho, orégano e o própolis, mas devemos lembrar sempre de consumir alimentos naturais, variados e coloridos, pois quanto mais cor no nosso prato, melhor.

 

Quais cuidados devemos ter durante as compras dos alimentos nos mercados?

 

É importante realizar um planejamento para o momento de compras, ou seja, devemos fazer uma lista do que iremos comprar para evitar compras desnecessárias, otimizar nosso tempo e não esquecer de nada, assim evitamos a ida frequente ao mercado. Lembrando que não devemos estocar comida em casa para que toda a população tenha acesso aos alimentos.

 

Evite colocar as mãos nos produtos e durante a compra pegue apenas o que você for realmente levar para casa. Cuidado ao escolher as frutas, verduras e legumes, se possível escolha de forma visual e só pegue quando tiver certeza da escolha. Neste momento, devemos perder o hábito de pegar a fruta, olhar e voltar para o monte caso ela esteja machucada. E lembrem-se de higienizar as mãos após todo esse processo de compras.

 

Devemos ter algum cuidado especial com os alimentos que serão consumidos?

 

É sempre necessário realizar a sanitização dos alimentos que serão consumidos crus (verdura, legumes, frutas), para isso podemos usar a água sanitária. A diluição é simples: para cada 1 litro de água, utilize 1 colher de sopa de água sanitária.

 

Antes de deixar os alimentos de molho nessa diluição, eles devem ser lavados em água corrente e, em seguida, imersos na solução mencionada, durante 10 a 15 minutos. Após isso, lavar novamente em água corrente, aí sim os alimentos podem ser armazenados na geladeira.

 

Lembrando que não devemos usar o vinagre para sanitização desses alimentos, pois ele não tem capacidade de eliminar vírus, bactérias, etc.

 

As embalagens também devem ser higienizadas com essa solução, utilizando sempre um pano limpo.  

 

Além de todos esses cuidados com a nossa alimentação, devemos evitar aglomerações, sair de casa, lavar bem as mãos sempre que possível para evitar a propagação do vírus.

 

Diretoria de Comunicação

Mais Notícias

  • 12/08/2020

    Em atendimento à legislação eleitoral (Lei 9.504/1997)

    Em atendimento à legislação eleitoral (Lei 9.504/1997), as notíci...

    Ver notícia completa