Detalhes da Notícia

Voltar para a Página Principal

Dengue avança e Estado lança Campanha em parceria com municípios

A quantidade de casos positivos de dengue tem aumentado bastante nos últimos dias em vários municípios. Rio Preto, por exemplo, já contabiliza duas mortes pela doença este ano.

 

Outra cidade com inúmeros casos confirmados de dengue em 2019 é Bauru. Devido a isso, a Secretaria Estadual da Saúde lançou, dias atrás, em São Paulo, uma campanha de combate ao Aedes aegypti, transmissor da dengue, chikungunya e zika vírus. Entre as ações de destaque do Plano Estadual está a campanha publicitária da Secretaria de Comunicação (Secom) para alertar a população sobre o risco oferecido pelo mosquito, assim como a importância da participação popular na prevenção.

 

Além dos veículos de comunicação, a campanha vai considerar as mídias digitais, como Facebook, Instagram, Twitter e WhatsApp, que terão conteúdo voltado ao tema. Para facilitar as ações de campo coordenadas pela Secretaria de Estado da Saúde (SES), também serão providenciados materiais impressos sobre prevenção ao Aedes.

 

A Secretaria da Saúde Estadual preparou uma mobilização para este mês para envolver a sociedade e os municípios em torno da necessidade de eliminação de focos do mosquito. Até este sábado, 16 de fevereiro, está sendo realizada a Semana Especial, em parceria com os municípios, com ações coletivas, como arrastões, limpezas e eliminação de criadouros, além de distribuição de materiais informativos.

 

O plano prevê ações integradas com outras pastas e órgãos estaduais, como a Artesp (Agência de Transporte do Estado de São Paulo), que está fazendo a distribuição de panfletos em algumas praças de pedágio e inserindo mensagens de orientação sobre combate ao Aedes nos letreiros das rodovias.

 

“A incidência de novos casos de dengue no Estado de SP está se concentrando na região de Araçatuba e Andradina, do vírus tipo 2, que não circulava há muito tempo. Toda vez que um vírus novo aparece nesta circulação ele causa uma maior gravidade, mas com a incidência que estamos observando, não temos uma caracterização de epidemia. Vamos provavelmente chegar a um número de casos parecido com o do ano passado”, falou o secretário José Henrique Germann, que esteve em Rio Preto na segunda-feira desta semana.

 

Em Novo Horizonte, segundo a Secretaria Municipal de Saúde, está sendo realizado um trabalho de prevenção junto à população, no sentido de conscientizar a todos sobre os males causados pelo Aedes. A ajuda da comunidade começa dentro de casa com hábitos simples e diários.

 

Prevenir é a melhor forma de evitar a dengue, zika e chikungunya. A maior parte dos focos do mosquito está nos domicílios, assim as medidas preventivas envolvem o nosso quintal e também os dos vizinhos. É simples e rápido combater o Aedes aegypti, siga essas dicas:

 

Garrafas PET e de vidro: As garrafas devem ser embaladas e descartadas corretamente na lixeira, em local coberto ou de boca para baixo.

 

Lajes: Não deixe água acumular nas lajes. Mantenha-as sempre secas.

 

Ralos: Tampe os ralos com telas ou mantenha-os vedados, principalmente os que estão fora de uso.

 

Vasos sanitários: Deixe a tampa sempre fechada ou vede com plástico.

 

Piscinas: Mantenha a piscina sempre limpa. Use cloro para tratar a água e o filtro periodicamente.

 

Coletor de água da geladeira e ar-condicionado: Atrás da geladeira existe um coletor de água. Lave-o uma vez por semana, assim como as bandejas do ar-condicionado.

 

Calhas: Limpe e nivele. Mantenha-as sempre sem folhas e materiais que possam impedir a passagem da água.

 

Cacos de vidros nos muros: Vede com cimento ou quebre todos os cacos que possam acumular água.

 

Baldes e vasos de plantas vazios: Guarde-os em local coberto, com a boca para baixo.

 

Plantas que acumulam água: Evite ter bromélias e outras plantas que acumulam água, ou retire semanalmente a água das folhas.

 

Suporte de garrafão de água mineral: Lave-o sempre quando fizer a troca. Mantenha vedado quando não estiver em uso.

 

Falhas nos rebocos: Conserte e nivele toda imperfeição em pisos e locais que possam acumular água.

 

Caixas de água, cisternas e poços: Mantenha-os fechados e vedados. Tampe com tela aqueles que não têm tampa própria.

 

Tonéis e depósitos de água: Mantenha-os vedados. Os que não têm tampa devem ser escovados e cobertos com tela.

 

Objetos que acumulam água: Coloque num saco plástico, feche bem e jogue corretamente no lixo.

 

Vasilhas para animais: Os potes com água para animais devem ser muito bem lavados com água corrente e sabão no mínimo duas vezes por semana.

 

Pratinhos de vasos de plantas: Mantenha-os limpos e coloque areia até a borda.

 

Objetos d’água decorativos: Mantenha-os sempre limpos com água tratada com cloro ou encha-os com areia. Crie peixes, pois eles se alimentam das larvas do mosquito.

 

Lixo, entulho e pneus velhos: Entulho e lixo devem ser descartados corretamente. Guarde os pneus em local coberto ou faça furos para não acumular água.

 

Lixeira dentro e fora de casa: Mantenha a lixeira tampada e protegida da chuva. Feche bem o saco plástico.

 

Diretoria de Comunicação

Fonte: Governo de SP

Mais Notícias

  • 22/03/2019

    Casos de dengue chegam a 81 em Novo Horizonte

    A cidade registra 81 casos positivos de dengue e 265 notificações...

    Ver notícia completa
  • 21/03/2019

    Edital do Concurso Público da Prefeitura sai na terça-feira

    O Edital completo com todas as informações sobre o Concurso Públi...

    Ver notícia completa
  • 20/03/2019

    Público aprovou a programação dos Festejos de São José

    Terminou com saldo positivo e com aprovação do público as festivi...

    Ver notícia completa