Detalhes da Notícia

Voltar para a Página Principal

Saúde recebe doses de soros antiofídico, antiaracnídico e antiescorpiônico

A Secretaria Municipal de Saúde de Novo Horizonte, por meio de parceria com a Santa Casa de Misericórdia, conseguiu, junto ao Centro de Vigilância Epidemiológica de São José do Rio Preto (GVE), órgão ligado à Diretoria Regional de Saúde, a liberação dos soros antiescorpiônico (que combate a picada do escorpião), antiofídico (picada de cobra) e antiaracnídico (ataque de aranhas) para o município.

 

A maior preocupação da saúde municipal, segundo a secretária da pasta, Marcela Girotto Troncoso, é com a alta incidência de casos de pessoas vítimas de ataques de animais peçonhentos, principalmente na zona rural da cidade, devido a aproximação com córregos e rios.

 

As negociações com a Diretoria Regional de Saúde começaram em outubro de 2018, porém não demorou muito para que uma resposta positiva a respeito fosse dada. Em janeiro deste ano, por exemplo, a equipe municipal de saúde (médicos e enfermeiros), receberam capacitação e treinamento técnicos necessários para prescrição e administração dos soros.

 

“O recebimento das doses é um sonho de todos os moradores da cidade, pois garante mais tranquilidade para os cidadãos. Os medicamentos são utilizados conforme protocolo nacional, sempre levando em consideração a gravidade de cada caso, quadro clínico, sinais e sintomas”, disse Marcela, que ainda ressaltou que as doses também atenderão municípios da região.

 

Com mais essa conquista para a saúde pública, vítimas de ataques de escorpiões e cobras no município serão medicadas na Santa Casa local e não mais encaminhadas ao Hospital Padre Albino de Catanduva, como vinha acontecendo.

 

Foi picado? Saiba o que fazer

 

Quando o tempo se torna mais quente e chuvoso, os acidentes com animais peçonhentos aumentam. Por isso, o Instituto Butantan alerta sobre os cuidados que devem ser tomados e como proceder caso algo aconteça.

 

Diferentemente do que se costuma ouvir, não se deve amarrar o local do ferimento, já que isto pode produzir necrose e não evita a disseminação do veneno. Em caso de acidentes com cobras, por exemplo, é recomendável, se possível, lavar o local afetado somente com água e sabão e não passar nenhum outro produto ou medicação.

 

Quanto à ferroada de escorpião, a primeira medida que deve ser adotada é colocar compressas de água morna sobre a ferida. Essas medidas ajudam a aliviar a dor até a chegada ao serviço de saúde mais próximo. Já em caso de picadas de aranhas e queimaduras de taturanas é importante não mexer no ferimento e procurar atendimento médico imediatamente.

 

Como evitar: Para evitar estes acidentes, alguns cuidados básicos devem ser adotados, como: manter limpos quintais, jardins e terrenos baldios, não acumulando entulho e lixo doméstico; aparar a grama dos jardins e recolher as folhas caídas; vedar soleiras de portas com saquinhos de areia ou friso de borracha; colocar telas nas janelas; vedar ralos de pia, tanque e de chão com tela ou válvula apropriada; colocar o lixo em sacos plásticos, que devem ser mantidos fechados para evitar aparecimento de baratas, moscas e outros insetos, que são o alimento predileto de escorpiões; examinar roupas, calçados, toalhas e roupas de cama antes de usá-las; andar sempre calçado e usar luvas de raspa de couro ao trabalhar com material de construção, lenha, etc.

 

O que fazer em caso de acidentes: Lavar o local da picada apenas com água ou com água e sabão; Dar bastante água à vítima para manter a hidratação; Procurar serviço médico o quanto antes.

 

O que não fazer em caso de acidentes: Fazer torniquetes, ou seja, amarrar o local para evitar a circulação sanguínea; Cortar ou furar o local da picada para tentar extrair o veneno; Não passar produtos como manteiga, cremes ou outras substâncias gordurosas no local do ferimento; Em caso de aparecimento de algum animal peçonhento, tentar removê-lo sem ajuda de um profissional qualificado.

 

Diretoria de Comunicação

Mais Notícias

  • 17/04/2019

    Parceria entre Esportes e Saúde garante atividades aos idosos do Lar de Velhice

    Um belo trabalho que merece elogios e incentivo. Os idosos acolhi...

    Ver notícia completa
  • 16/04/2019

    Dengue: Município contabiliza 236 casos positivos da doença

    Os casos de dengue em Novo Horizonte têm aumentado nos últimos di...

    Ver notícia completa
  • 16/04/2019

    Mais grupos terão prioridade na campanha de vacinação contra a gripe

    A vacinação contra a gripe continua em Novo Horizonte, no Centro ...

    Ver notícia completa