Detalhes da Notícia

Voltar para a Página Principal

Mosaicista de Novo Horizonte participa da criação do marco cultural dos 100 anos de Catanduva

Catanduva vai completar 100 anos de emancipação político administrativa no dia 14 de abril de 2018.

 

E, para comemorar o centenário da cidade feitiço, foram convidados vários mosaicistas da região, os quais vão colaborar com a criação de um marco cultural para o aniversário do município.

 

A intervenção urbana será formada por peças de mosaico com versão e conceitual artístico próprios da árvore símbolo da cidade, o Ipê.

 

O projeto foi proposto pela curadora, professora e artesã Flávia Marega Frigério, que inclusive convidou a também mosaicista e ex-chefe de divisão de cultura e atual diretora adjunta de turismo de Novo Horizonte, Regina Habib, para participar.

 

“Cada artista cumprirá com seu papel de reforçar a representação histórica do Ipê para Catanduva. São trabalhos fantásticos que serão colocados em um local estratégico, inclusive com o nome e a cidade de cada participante”, disse Flávia Frigério.

 

Dados Históricos

 

Catanduva é um município do interior do estado de São Paulo, no Brasil. Fundado em 14 de abril de 1918, localiza-se a uma latitude 21°8′16″ sul e a uma longitude 48°58′22″ oeste, a 384 quilômetros da capital paulista. Tem altitude média de 503 metros. Sua população estimada em 2017 era de 120 691 habitantes (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). Em 2011 era a 39ª cidade mais desenvolvida do país, segundo o Índice Firjan de Desenvolvimento Municipal, publicado em 2014.

 

É a 2ª maior cidade da Mesorregião de São José do Rio Preto, a 3ª maior cidade da região Noroeste Paulista, a 60ª mais populosa do estado de São Paulo e a 235ª mais populosa do país. Sua economia é baseada no comércio, prestação de serviços, indústrias diversas e agricultura.

 

Até hoje, ninguém sabe quem fundou Catanduva, mas crê-se em duas histórias, tendo, como base, que seu primeiro nome era "Cerradinho", uma pequena vila construída às margens do rio São Domingos.

 

O conhecido título "Cidade Feitiço" é relacionado à hospitalidade dos moradores, que recebem com muito carinho e atenção todos os visitantes. O nome foi citado pela primeira vez em um jornal da cidade.

 

Diretoria de Comunicação

 

Fotos: Regina Habib e o mosaico feito por ela em comemoração ao Centenário de Catanduva

Mais Notícias

  • 23/05/2018

    Saúde Feminina: Seis exames preventivos que toda mulher precisa fazer

    A prevenção é uma das melhores maneiras de se manter sempre saudá...

    Ver notícia completa
  • 23/05/2018

    Empresa vence licitação para recape de ruas

    A Prefeitura de Novo Horizonte divulgou o nome da empresa que ven...

    Ver notícia completa
  • 22/05/2018

    Sinal analógico será desligado em Novo Horizonte, em novembro

    O sinal analógico em Novo Horizonte será definitivamente desligad...

    Ver notícia completa