Detalhes da Notícia

Voltar para a Página Principal

CRAS promoveu teatro para os idosos

Dias atrás, no Centro de Convivência do Idoso de Novo Horizonte, a Companhia Teatral Ó Do Borogodó, apresentou peça teatral sobre o tema "Idoso sim, violência não".

 

O assunto abordado através da encenação dos artistas chamou bastante a atenção do público presente.

 

Segundo o Centro de Referência de Assistência Social, o evento teve como objetivo principal objetivo orientar e conscientizar sobre os efeitos e os perigos da violência contra a pessoa idosa, um assunto muito tratado nos dias atuais e que merece muita atenção de todos.

 

A violência contra pessoa idosa é tema que merece atenção, informação e a busca pela sua erradicação, uma vez que tal atitude caracteriza a violação aos direitos humanos. É importante conscientizar e informar às pessoas, especialmente às vítimas, sobre as formas de violência e os meios para seu combate. Infelizmente, parte da sociedade encara o envelhecimento como o desencadeamento de um problema, como uma decadência do ser humano, gerando os atos e manifestações de violência a esta faixa etária.

 

As principais manifestações de violência contra a pessoa idosa são:

 

Físicas: é a forma mais visível de violência, que caracteriza-se pelas agressões e maus tratos físicos, como tapas, empurrões e qualquer ato que cause lesão corporal ao idoso.

Econômico-financeira e do patrimônio: o uso indevido por meio de terceiros de suas aposentadorias para outros fins e de seus bens e aproveitar da facilidade de acesso para se apropriar ou desviar os bens ou rendimentos do idoso.

 

Negligência: omissão ao idoso dos cuidados básicos para a manutenção e qualidade de vida, tais como privação de medicamentos, de cuidados com a higiene, alimentação, condições climáticas e toda forma de abandono.

 

Psicológica: atitudes de terceiros que causam humilhação, menosprezo, discriminação ao idoso, desencadeando a estes, situações de tristeza e depressão.

 

No intuito de combater essas manifestações de violência, o Estatuto do Idoso utiliza o Direito Penal. Assim, qualquer pessoa que pratica alguma dessas atitudes contra os idosos comete crime e pode ser preso ou multado. No Estatuto do Idoso, as penas para quem comete crimes contra idosos são de prisão de seis meses a um ano cumulada com multa.

 

Quando qualquer crime acima é cometido com lesão corporal grave, a pena é aumentada para até quatro anos. Se do crime resultar a morte do idoso, a pena pode chegar até 12 anos de prisão.

 

Tão importante como se conscientizar sobre a violência é saber quais são os meios de denúncia e sua erradicação. Qualquer tipo de violência deve e precisa ser denunciada.

 

Diretoria de Comunicação

Mais Notícias

  • 21/07/2017

    Santa Casa recebe Monitor Dopller Fetal

    As Voluntárias da Santa Casa, mulheres que têm feito um grande tr...

    Ver notícia completa
  • 20/07/2017

    Festival de Pesca Esportiva acontece sábado e domingo

    A Prefeitura de Novo Horizonte realiza, entre sábado e domingo, d...

    Ver notícia completa
  • 20/07/2017

    Santa Casa implanta “Visita do Irmãozinho”

    A partir da próxima segunda-feira, 24 de julho, a Santa Casa de M...

    Ver notícia completa