Detalhes da Notícia

Voltar para a Página Principal

Prefeitura apoia e incentiva posse responsável de animais

Ter um animalzinho de estimação dentro de casa não é para qualquer pessoa. É preciso, acima de tudo, ter responsabilidade para criá-lo. Se você passa muito tempo fora, procure um animal que não necessite de companhia constante. Se tiver crianças, o ideal são animais que gostam de interagir com elas. De qualquer forma, a decisão de assumir um animal deve ser tomada em acordo com todos da família ou que residam no mesmo local onde ele irá viver.

 

Além disso, é necessário que você dê a ele tudo o que gostaria que dessem a você, ou seja, muita atenção, carinho, cuidado e respeito. Nunca o abandone, nem que ele fique doente, que ele fique velho, que você mude para um lugar menor, ou que ele roa seus sapatos. Abandonar ou maltratar animais é crime, conforme Lei Ambiental nº 9605/1998.

 

Pesquisa realizada pela Organização Mundial da Saúde estima que no Brasil existam mais de 30 milhões de animais abandonados, sendo cerca de dez milhões de gatos e vinte milhões de cães.

 

A Prefeitura de Novo Horizonte apoia e incentiva a posse responsável de animais. Lembre-se: Animal não é brinquedo. Sente fome, frio e medo.

 

Conheça os 10 Mandamentos da Guarda Responsável

 

Antes de adquirir um animal, considere que seu tempo médio de vida é de 12 anos. Pergunte à família se todos estão de acordo, se há recursos necessários para mantê-lo e verifique quem cuidará dele nas férias ou em feriados prolongados;

 

Adote animais de abrigos públicos e privados (vacinados e castrados), em vez de comprar por impulso;

 

Informe-se sobre as características e necessidades da espécie escolhida – tamanho, peculiaridades, espaço físico;

 

Mantenha o seu animal sempre dentro de casa, jamais solto na rua. Para os cães, passeios são fundamentais, mas apenas com coleira/guia e conduzido por quem possa contê-lo;

 

Cuide da saúde física do animal. Forneça abrigo, alimento, vacinas e leve-o regularmente ao veterinário. Dê banho, escove e exercite-o regularmente;

 

Zele pela saúde psicológica do animal. Dê atenção, carinho e ambiente adequado a ele;

 

Eduque o animal, se necessário, por meio de adestramento, mas respeite suas características;

 

Recolha e jogue os dejetos (cocô) em local apropriado;

 

Identifique o animal com plaqueta e registre-o no Centro de Controle de Zoonoses ou similar, informando-se sobre a legislação do local. Também é recomendável uma identificação permanente (microchip ou tatuagem);

 

Evite as crias indesejadas de cães e gatos. Castre os machos e fêmeas. A castração é a única medida definitiva no controle da procriação e não tem contraindicações.

 

Diretoria de Comunicação

Mais Notícias

  • 21/11/2017

    Carreta Móvel do Hospital de Câncer de Barretos estará em Novo Horizonte

    A Carreta Móvel de Prevenção do Hospital de Câncer de Barretos es...

    Ver notícia completa
  • 20/11/2017

    Diretoria de Esportes oferece vôlei adaptado para a Terceira Idade

    Diretoria de Esportes oferece vôlei adaptado para a terceira idad...

    Ver notícia completa
  • 20/11/2017

    Vândalos destroem luminárias do Coreto da Praça da Fonte

    Aproximadamente 11 luminárias do Coreto Municipal “Aparecido Soar...

    Ver notícia completa